Description

O Dr. Leonard Peikoff analisa profundamente o processo de julgamento avaliativo, aplicando o tema enormemente subjetivo da moralidade a casos difíceis. Essas palestras são guias valiosos para tomar decisões morais, uma habilidade imensamente importante descrita por Ayn Rand em seu ensaio “Como viver uma vida racional em uma sociedade irracional?”:

“Pronunciar um juízo moral é uma grande responsabilidade. Para julgar, você deve ter um caráter inquestionável; não precisa ser onisciente ou infalível, e não é uma questão de erros de conhecimento; precisa ter uma integridade inabalável, isto é, a ausência de qualquer relação consciente com o mal. Assim como um juiz pode errar, quando a evidência é inconclusiva, mas não pode evitar a evidência disponível, nem aceitar subornos, nem permitir que qualquer sentimento, emoção, desejo ou medo pessoal obstrua o julgamento de sua mente sobre os fatos da realidade. Toda pessoa racional deve manter uma integridade igualmente firme e solene no tribunal de sua própria mente, onde a responsabilidade é maior do que em um tribunal público, porque ele, o juiz, é o único que sabe quando ela foi traída.”